Sexta-feira, 5 de Agosto de 2005
ZECA AFONSO NASCEU A 2 de AGOSTO 1929

Zeca aniversario.jpg


“Admito que a revolução seja uma utopia, mas no meu dia a dia procuro comportar-me como se ela fosse tangível. Continuo a pensar que devemos lutar onde exista opressão, seja a que nível for.”


Este post deveria ter saído no dia em que Zeca Afonso teria feito 76 anos.

Vários contratempos fizeram com que a data do seu aniversário se apagasse da minha memória, facto que lamento...

Mas meu caro Zeca, compromissos que já tinha assumido levaram-me para outros lados a praticar aquilo que de mais importante aprendi contigo:
ser solidário!
Mas outros amigos lembraram a tua voz, a tua força, o teu espírito, as tuas canções sempre actuais, a tua militancia...
O importante é que a tua memória esteja bem viva e presente nas novas gerações e que o teu exemplo seja uma alavanca para o Mundo que sonhaste.



1ª.CARTA A ZECA AFONSO


(Queixas)





Zeca


Que tristeza pensar que foi loucura


Lutar tanto tempo, se afinal


O esquecimento desfez toda a amargura


Todo o sofrimento e todo o mal!


E sofreste tu, por teres cantado


As lutas que devíamos lembrar


E por teres rido e por teres chorado


Por quem tinha medo de falar…


Oh como dói ver que nas campinas


Vergadas por jugos diferentes


Continuam ceifando as Catarinas


Mas mais conformadas, mais descrentes…


 


E o choro que existe nas palavras


Histórias que trazemos, já contadas


Memórias que não dão riso, mas pena…


Ai a dor de serem de novo escravas


As gargantas já antes libertadas


Quando cantaram a Grândola Morena!


E esta imensa dor de ver traídos


Os ideais de Abril, renovação


Desse Mês-País, que fez história!


São agora angústia e são gemidos


Os cravos vermelhos da revolução;


Mais um Alcácer de bruma na memória!…


Zeca,


Toma os meus olhos, são fonte sem água


Donde brotaram jorros de alegria


Na liberdade das paixões a arder;


Ai meu Amigo, esta imensa mágoa!


Nosso País mais uma vez se adia,


Toma os meus olhos, que eu não quero ver!…


Maria Mamede


 


 




publicado por zeca maneca às 23:59
link do post | comentar | favorito
|

11 comentários:
De anónimo a 15 de Agosto de 2005 às 00:37
Não lamentes, Zé. Como diz a Leonor, Zeca é todos os dias. Mª Mamede: um bjinho por este belo presente. Continuação de boas férias, amigos. Bjokas grandesamita
(http://brancoepreto.blogs.sapo.pt)
(mailto:amitaf324@hotmail.com)


De anónimo a 14 de Agosto de 2005 às 13:15
Gostei de conhecer este blog. É fresco!É intencional e consciencializador!
Continua, porque a vida sem comunicação é muito mais difícil.
Convido-te a visitar-me em http://zeoliveira.blogs.sapo.pt onde encontrarás muito humor gráfico e alguns conceitos à volta dessa coisa que é o riso.

(http://zeoliveira.blogs.sapo.pt)
(mailto:)


De anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 15:17
Sinto sempre um arrepio quando oiço o Zeca.Bulbucus Íbis
(http://manjedoura.blogs.sapo.pt)
(mailto:bul@bul.bul)


De anónimo a 7 de Agosto de 2005 às 16:35
Bela carta/poema de Maria Mamede. beijoswind
(http://wind9.blogspot.com)
(mailto:sagit_126@hotmail.com)


De anónimo a 7 de Agosto de 2005 às 10:00
Maria Mamede:
Tens razão.Parece que escolhemos a resignação
como modo de vida para viver.
Mas não chores,não desesperes!
O sonho,mesmo desvirtuado,permanece.
José Silva
(http://ax)
(mailto:joseasilva@sapo.pt)


De anónimo a 7 de Agosto de 2005 às 00:10
A todos os amigos quero deixar um aviso:
Vou de férias durante uns dias...
No entanto no dia 9 de Agosto farei novo post.
Abraços a todos.
José Gomes
</a>
(mailto:saturnogomes@netcabo.pt)


De anónimo a 6 de Agosto de 2005 às 15:35
ola ze. nao lamentes se nao te lembraste do Zeca no dia certo porque zeca afonso é todos os dias. qualquer um serve para lembra-lo. abraço da leonorleonoretta
(http://leonoretta.blogspot.com)
(mailto:eximproviso@hotmail.com)


De anónimo a 6 de Agosto de 2005 às 12:55
APROVEITA E DÁ UMA VISTA DE OLHOS NO WWW.LATF.BLOGS.SAPO.PTFERREIRA
</a>
(mailto:LUIS.FERREIRA.15@NETVISAO.PT)


De anónimo a 6 de Agosto de 2005 às 12:55
APROVEITA E DÁ UMA VISTA DE OLHOS NO WWW.LATF.BLOGS.SAPO.PTFERREIRA
</a>
(mailto:LUIS.FERREIRA.15@NETVISAO.PT)


De anónimo a 6 de Agosto de 2005 às 12:49
uma bela "carta" como todas da minha querida Mamede. Bj grande.TMara
(http://estranhosdias.blogspot.com/)
(mailto:Tostimara@gmail.com)


Comentar o post

Lembrete

Uma noite com... Che

Sábado, 13 Outubro 07
21,30 horas
Anfiteatro do GDM Flor de Infesta
Rua Padre Costa, 118
4465 S. Mamede Infesta

sobre movimentum
A minha música
movimentuns recentes

Encerramento deste blog!

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

"UMA NOITE COM... CHE GUE...

Para que a história os nã...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Notícias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Sonho de uma Noite de Ver...

Noites de Poesia em Vermo...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

Estranhos no Paraiso

António Feijó

O nascimento de um Panda

Limpar o Almorode - a rep...

Limpar o Almorode - Divul...

Noites de Poesia em Vermo...

Vamos lembrar estas inici...

AVISO

Noites de Poesia em Vermo...

Auschwitz

Dançando com... as luzes!

Maio de 1968

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

1º de MAIO - o dia do Tra...

Noites de Poesia em Vermo...

25 de Abril, sempre! - 3

25 de Abril, sempre! - 2

25 de Abril, sempre! - 1

Parabéns, Noites de Poesi...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

"DezSete" - Lançamento na...

Convite para DezSete

A reportagem de "Lume" em...

"Lume" de M. Mamede, apre...

Um abraço, professor...

Noites de Poesia de Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Zeca Afonso - o Homem que...

ZECA AFONSO - Crónica de ...

Zeca Afonso - o Homem que...

NÓS E O AMBIENTE...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITE DE POESIA DE VERMOI...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

João de Deus

movimentuns arquivados
Links
  • A.Filoxera
  • AiShiteNight
  • A Serra - Tatamailau
  • – Amita BrePrt
  • Amorizade - Jacky
  • Ana
  • Andorinha Negra
  • Carlos Beeez
  • C. Valente - Fotos
  • Chuviscos
  • Ex-Improviso - Leonor
  • Fátima P. (Ilhas...)
  • Fernando Peixoto
  • José Faria
  • Júlia Coutinho
  • Junta Freguesia Vermoim
  • LMatta
  • Lena d'Água
  • Leonor Costa (Nokinhas)
  • Lique – Mulher30a60
  • Lique - Novo
  • Lumife – Alvito
  • Lumife – Beja
  • Lumife – Saber…
  • MMarota MG
  • Menina Marota
  • Maria
  • Margarida - Saltap.
  • Maria Mamede (De Amor e de Terra)
  • Maria Mamede (Se não houvesse fronteiras)
  • Maria Mamede (Xangrilah)
  • Momentos e… Com. Ludovicus Rex
  • Movimentum 2
  • O Outro Lado da Lua
  • Pantanero (Machado)
  • Paula Raposo – páginas
  • Paula Raposo – Romãs
  • Pimentinha
  • Pimentinha Fotog.
  • Poesia Portuguesa - MMarota
  • Praia da Claridade
  • Repensando – Seila
  • Samuel
  • Sandra Daniela
  • Sophiamar (Isabel)
  • TMara
  • TMara2
  • Tatamailau – A. Serra
  • Turismo da Maia
  • Wind
  • Wind – Imagens
  • Zeca Telhado (Nau Catrineta)
  • Zia (fotografia)
  • Zia (página)
  • Zia (“AiShiteNight” em inglês)
    pesquise neste blog
     
    Outubro 2007
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13

    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20

    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27

    28
    29
    30
    31


    RSS