Segunda-feira, 31 de Julho de 2006
BASTA!!!

 

 

 



ISRAEL, UN ESTADO TERRORISTA
Por Adolfo Perez Esquivel 14/07/2006 às 23:41
los mismos crimenes sufridos de los nazis los comete ahora Israel con la misma saña genocida.
 
Opinión
Israel, un Estado terrorista
Por: Adolfo Pérez Esquivel* (Fecha publicación:14/07/2006)
 
 
 
BASTA!

Sempre apoiei o povo judeu; um povo que sofreu o Holocausto, a diáspora, perseguições, torturas e morte, mas que teve dignidade, resistiu à opressão e lutou pelos seus valores religiosos, culturais e pela unidade do seu povo.

Juntei a minha voz a muitas outras em todo o mundo, dizendo que o povo de Israel tem direito à sua existência; mas também tem os mesmos direitos que o povo palestino, hoje oprimido e massacrado pelo Estado de Israel.

É-me doloroso assinalar os comportamentos aberrantes que o Estado de Israel está a cometer contra o povo palestino, atacando, destruindo, oprimindo e massacrando a sua população, mulheres, crianças, jovens que são vítimas dessas atrocidades que não podemos calar e dobemos denunciar e reclamar: Basta!

Derrubou-se o Muro de Berlim, mas levantaram-se outros muros como o que Israel construiu para dividir o povo palestino. Acreditando que com isso lhes daria mais segurança mas, pelo contrário, gera maior confrontação, dor e divisão.

Mas os muros mais difíceis de derrubar são os que existem na mente e no coração, os muros da intolerância e do ódio. Os ataques, a destruição e a morte em Gaza e no Líbano e as ameaças permanentes a outros povos, levaram o Estado de Israel a transformar-se num Estado terrorista, utilizando a tortura, os ataques à população civil onde as vítimas são mulheres e crianças.
Até quando continuará esta política do terror?

Sabemos que nem todo o povo de Israel está de acordo com a política de destruição e morte levada a cabo pelo governo israelita, apoiado pelos Estados Unidos e o silêncio dos governos europeus; cúmplices do horror instalado no Médio Oriente. Aqueles, tanto dentro de Israel e como da Palestina, desejam o diálogo, a resolução do conflito e o respeito pela existência dos dois povos.

Lamentavelmente as Nações Unidas perderam presença, coragem e poder de decisão para levar a cabo uma solução do confronto entre os dois povos, situação essa que põe em sério risco a Paz mundial. A ONU está amarrada às grandes potências mundiais que a usam quando esta responde aos interesses das potências e não às necessidades da humanidade.
È necessária uma reforma profunda e democratizar as suas estruturas e fazê-las mais operativas e eficazes para o bem dos povos.

É certo que há ataques e muita violência desenvolvida por sectores do povo palestino que reclamam os seus direitos. Mas não é através da violência, que gera mais violência entre as partes, que se resolverá o conflito.
Mahatma Gandhi dizía que se se aplicar a lei do "olho pelo olho, terminaremos todos cegos".

Os governantes do Estado de Israel estão a ficar cegos e arrastam o povo para o abismo.

É necessário que a comunidade internacional detenha a loucura dos governos, antes que seja tarde. Mas mais necessário é que os israelitas e os palestinos raciocinem e compreendam que não podem continuar a matarem-se uns aos outros.
Os responsáveis da barbárie têm que parar esta loucura em que se encontram, e que não tem qualquer saída.

Devem fazê-lo para bem dos povos e da humanidade.


 
Adolfo Pérez Esquivel, Prémio Nobel da Paz, 1980 e director do Serviço de Paz e Justiça (Serpaj) na Argentina.
 

(Tradução livre do seu artigo sobre a guerra Israel/Líbano, publicado em 14 de Julho 2006)

Recordo Victor Jara e "O Direito de Viver em Paz"

Ao ouvir esta canção e fixando a letra, consigo substituir Vietnam, Indochina, napalm... pelos conflitos que se passam entre Israel e o Líbano, e os demais focos de guerra um pouco por toda a parte...

 


 


sentimento: Com um frio no coração...
música: "El derecho do Vivir en Paz" - Victor Jara

publicado por zeca maneca às 23:05
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De wind a 1 de Agosto de 2006 às 02:48
Basta!
beijos


De RosaTeixeiraBastos a 2 de Agosto de 2006 às 01:48
O teu gif está lindo e mexe lindamente, se te referias à mão que se torna ´pomba da paz'...
Quanto às guerras, são o pesadelo da actualidade, enquanto o armamento for um dos grandes negócios desta terra quase cansada...
Um beijo,
Rosa


Comentar o post

Lembrete

Uma noite com... Che

Sábado, 13 Outubro 07
21,30 horas
Anfiteatro do GDM Flor de Infesta
Rua Padre Costa, 118
4465 S. Mamede Infesta

sobre movimentum
A minha música
movimentuns recentes

Encerramento deste blog!

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

"UMA NOITE COM... CHE GUE...

Para que a história os nã...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Notícias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Sonho de uma Noite de Ver...

Noites de Poesia em Vermo...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

Estranhos no Paraiso

António Feijó

O nascimento de um Panda

Limpar o Almorode - a rep...

Limpar o Almorode - Divul...

Noites de Poesia em Vermo...

Vamos lembrar estas inici...

AVISO

Noites de Poesia em Vermo...

Auschwitz

Dançando com... as luzes!

Maio de 1968

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

1º de MAIO - o dia do Tra...

Noites de Poesia em Vermo...

25 de Abril, sempre! - 3

25 de Abril, sempre! - 2

25 de Abril, sempre! - 1

Parabéns, Noites de Poesi...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

"DezSete" - Lançamento na...

Convite para DezSete

A reportagem de "Lume" em...

"Lume" de M. Mamede, apre...

Um abraço, professor...

Noites de Poesia de Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Zeca Afonso - o Homem que...

ZECA AFONSO - Crónica de ...

Zeca Afonso - o Homem que...

NÓS E O AMBIENTE...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITE DE POESIA DE VERMOI...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

João de Deus

movimentuns arquivados
Links
  • A.Filoxera
  • AiShiteNight
  • A Serra - Tatamailau
  • – Amita BrePrt
  • Amorizade - Jacky
  • Ana
  • Andorinha Negra
  • Carlos Beeez
  • C. Valente - Fotos
  • Chuviscos
  • Ex-Improviso - Leonor
  • Fátima P. (Ilhas...)
  • Fernando Peixoto
  • José Faria
  • Júlia Coutinho
  • Junta Freguesia Vermoim
  • LMatta
  • Lena d'Água
  • Leonor Costa (Nokinhas)
  • Lique – Mulher30a60
  • Lique - Novo
  • Lumife – Alvito
  • Lumife – Beja
  • Lumife – Saber…
  • MMarota MG
  • Menina Marota
  • Maria
  • Margarida - Saltap.
  • Maria Mamede (De Amor e de Terra)
  • Maria Mamede (Se não houvesse fronteiras)
  • Maria Mamede (Xangrilah)
  • Momentos e… Com. Ludovicus Rex
  • Movimentum 2
  • O Outro Lado da Lua
  • Pantanero (Machado)
  • Paula Raposo – páginas
  • Paula Raposo – Romãs
  • Pimentinha
  • Pimentinha Fotog.
  • Poesia Portuguesa - MMarota
  • Praia da Claridade
  • Repensando – Seila
  • Samuel
  • Sandra Daniela
  • Sophiamar (Isabel)
  • TMara
  • TMara2
  • Tatamailau – A. Serra
  • Turismo da Maia
  • Wind
  • Wind – Imagens
  • Zeca Telhado (Nau Catrineta)
  • Zia (fotografia)
  • Zia (página)
  • Zia (“AiShiteNight” em inglês)
    pesquise neste blog
     
    Outubro 2007
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13

    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20

    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27

    28
    29
    30
    31


    RSS