Domingo, 15 de Janeiro de 2006
POESIA (?) - Roubo descarado...

Solinv.jpg
(Sol de inverno)

Neste emaranhado princípio de ano em que as coisas deveriam correr melhor que no ano passado (apenas me apercebo que temos um pouquito mais de chuva, mas está um frio de rachar!!), as guerras, os atentados, o zangar das “comadres” , a fome, os sem abrigo, os sem emprego, os “chico-espertos”……..
Continua a ser a mesma chachada do ano passado!
Até a inspiração fugiu!…
Mas quando a inspiração falha e depois de ter lido o texto que vou publicar já a seguir, chego à conclusão que as musas que nos têm alimentado poeticamente durante estes anos devem ter ido de veraneio para lugares mais agradáveis que a pasmaceira desta terra à beira mar plantada …
E foi assim que cometi o “crime”!...
Perdoa lá amiga!...



POESIA (?) – 13 de Janeiro 2006

(Roubado indecentemente à Alice - http://mulher50a60.weblog.com.pt/


“Poesia. Caminho que as palavras escolhem para se juntar. Sem justificação ou prévia intenção. Expressão de sentimentos, de sensações. Jogo de palavras, até. Olhando à minha volta, a poesia pode estar em todo o lado. Uma flor, uma pedra. O belo e o feio. Tudo pode despertar uma frase que insiste em fazer-se ouvir. Uma frase que sei ter ligação com outras. E que só me larga quando encontra as palavras que a completam. Nessa obsessão pelo complemento, pela forma, pelo final, o poema instala-se e sussurra-me ao ouvido, como se não fosse possível dizer nem escrever mais nada. Tento fugir dele, agarrar outras palavras, outras ideias. Tudo sai imperfeito. Tudo desagua naquele que está dentro de mim, latente. Num momento, numa hora inesperada, o poema encontra a forma de se dizer e os versos jorram, encaixam. Lutam um pouco entre si, até encontrarem a forma procurada. E eu escrevo. Mas nenhum poema me deixa completamente. As palavras parecem mudar, acendem interrogações, sugerem novas ideias e inquietações. Por vezes, outra frase salta. E tudo recomeça. Poesia. A que leio e a que tento escrever. Aquela sem a qual não vivo. A que acende o sonho ou denuncia a iniquidade. A ideia que se faz palavra e as palavras que são alimento das ideias.”

________________________________


Não, Alice, a Poesia não te abandonou… pelo contrário!
Este texto é uma prosa poética que tem bem patente o teu cunho pessoal, a tua forma de dizer, de escrever e de amar a Poesia.
Um abraço e agradeço (ou melhor, os teus leitores agradecem) que nunca pares de escrever…
Em poesia, em verso, na música que escolhes…

Até a sorrir tu fases Poesia!


-----------------
"La Bohème "
Charles Aznavour
CD: 20 Chansons d’ Or
4,05’’
-----------------



publicado por zeca maneca às 15:46
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De anónimo a 16 de Janeiro de 2006 às 19:12
Que linda escolha!
Tanto do texto como da musica, que é simplesmente fabulosa.
Um abraço deste pássaro que tem voado pouco até aqui pois não sabia bem se este cantinho ainda existia ou não.
Tem outro blog? Ou é só este?
Um abraço com amizade e até breve :)Passaro Azul
(http://ilhasescantadas)
(mailto:mfp2002@sapo.pt)


De anónimo a 16 de Janeiro de 2006 às 11:46
Zé, vou processar-te ... por exagero de elogios! :)) Esperemos que a minha falta de inspiração seja só uma fase passageira.
Beijinhos a todoslique
(http://mulher50a60.weblog.com.pt)
(mailto:alice.semaravilhas@gmail.com)


De anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 21:19
Olá Zeca...
Já deixei o meu comentário, sobre este texto, no Blog da Lique.
No entanto quero dizer também aqui, que gosto muito do que a Lique escreve, seja prosa ou poesia.
Além disso, creio que ela, como tua madrinha, te perdoa o roubo.
Beijos da
Maria MamedeMaria Mamede
</a>
(mailto:maria.mamede@hotmail.com)


De anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 18:48
já tinha lido e comentei no blog dela, masfizeste uma boa escolha. Boa semana.;)Amla
(http://fragmomentos.blog.com/)
(mailto:soueupois@gmail.com)


Comentar o post

Lembrete

Uma noite com... Che

Sábado, 13 Outubro 07
21,30 horas
Anfiteatro do GDM Flor de Infesta
Rua Padre Costa, 118
4465 S. Mamede Infesta

sobre movimentum
A minha música
movimentuns recentes

Encerramento deste blog!

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

"UMA NOITE COM... CHE GUE...

Para que a história os nã...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Notícias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Sonho de uma Noite de Ver...

Noites de Poesia em Vermo...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

Estranhos no Paraiso

António Feijó

O nascimento de um Panda

Limpar o Almorode - a rep...

Limpar o Almorode - Divul...

Noites de Poesia em Vermo...

Vamos lembrar estas inici...

AVISO

Noites de Poesia em Vermo...

Auschwitz

Dançando com... as luzes!

Maio de 1968

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

1º de MAIO - o dia do Tra...

Noites de Poesia em Vermo...

25 de Abril, sempre! - 3

25 de Abril, sempre! - 2

25 de Abril, sempre! - 1

Parabéns, Noites de Poesi...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

"DezSete" - Lançamento na...

Convite para DezSete

A reportagem de "Lume" em...

"Lume" de M. Mamede, apre...

Um abraço, professor...

Noites de Poesia de Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Zeca Afonso - o Homem que...

ZECA AFONSO - Crónica de ...

Zeca Afonso - o Homem que...

NÓS E O AMBIENTE...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITE DE POESIA DE VERMOI...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

João de Deus

movimentuns arquivados
Links
  • A.Filoxera
  • AiShiteNight
  • A Serra - Tatamailau
  • – Amita BrePrt
  • Amorizade - Jacky
  • Ana
  • Andorinha Negra
  • Carlos Beeez
  • C. Valente - Fotos
  • Chuviscos
  • Ex-Improviso - Leonor
  • Fátima P. (Ilhas...)
  • Fernando Peixoto
  • José Faria
  • Júlia Coutinho
  • Junta Freguesia Vermoim
  • LMatta
  • Lena d'Água
  • Leonor Costa (Nokinhas)
  • Lique – Mulher30a60
  • Lique - Novo
  • Lumife – Alvito
  • Lumife – Beja
  • Lumife – Saber…
  • MMarota MG
  • Menina Marota
  • Maria
  • Margarida - Saltap.
  • Maria Mamede (De Amor e de Terra)
  • Maria Mamede (Se não houvesse fronteiras)
  • Maria Mamede (Xangrilah)
  • Momentos e… Com. Ludovicus Rex
  • Movimentum 2
  • O Outro Lado da Lua
  • Pantanero (Machado)
  • Paula Raposo – páginas
  • Paula Raposo – Romãs
  • Pimentinha
  • Pimentinha Fotog.
  • Poesia Portuguesa - MMarota
  • Praia da Claridade
  • Repensando – Seila
  • Samuel
  • Sandra Daniela
  • Sophiamar (Isabel)
  • TMara
  • TMara2
  • Tatamailau – A. Serra
  • Turismo da Maia
  • Wind
  • Wind – Imagens
  • Zeca Telhado (Nau Catrineta)
  • Zia (fotografia)
  • Zia (página)
  • Zia (“AiShiteNight” em inglês)
    pesquise neste blog
     
    Outubro 2007
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13

    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20

    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27

    28
    29
    30
    31


    RSS