Terça-feira, 1 de Maio de 2007
Noites de Poesia em Vermoim - o programa...

 
Sábado     5 Maio 2007
 às 21,30 horas






 Tenho laços, tenho fitas


Salão Nobre da Junta de Freguesia de Vermoim

Lugar da Igreja - 4470-303 Maia




O Laço de Fita
 
Não sabes, criança? ´stou louco de amores...
Prendi meus afectos, formosa Pepita.
Mas onde? No templo, no espaço, nas névoas?!
Não rias, prendi-me
Num laço de fita.
 
(…)
Pois bem!... Quando um dia na sombra do vale
Abrirem-me a cova... formosa Pepital
Ao menos arranca meus louros da fronte,
E dá-me por c'roa...
Teu laço de fita.
 
Castro Alves

-----------------------
 

Castro Alves nasceu em 14 de Março de 1847, na vila de Curralinho, no Brasil.

Começou a estudar Direito em 64 na cidade do Recife acabando por concluir o curso, em S. Paulo, em 68. Foi considerado mau estudante mas muito bom poeta.

Em 62 escreveu o poema "A Destruição de Jerusalém", em 63 "Pesadelo", "Meu Segredo", já inspirado pela actriz Eugénia Câmara, "Cansaço", "Noite de Amor", "A Canção do Africano" e outros.

"A poesia", dizia, "é um sacerdócio — seu Deus, o belo — seu tributário, o Poeta." O Poeta derramando sempre uma lágrima sobre as dores do mundo. "É que", acrescentava, "para chorar as dores pequenas, Deus criou a afeição, para chorar a humanidade — a poesia."

A partir de 1864 apaixonou-se pelas grandes causas da liberdade e da justiça — as lutas da Independência na Bahia, a insurreição dos negros de Palmares, o papel civilizador da imprensa e a campanha contra a escravidão. Começou a escrever sobre os sofrimentos dos negros escravos (O Navio Negreiro), o martírio de todo um continente (Vozes d'África).

Em S. Paulo, nos fins de 68, feriu-se num pé com um tiro acidental por ocasião de uma caçada, do que resultou longa enfermidade, em que teve o poeta que se submeter a várias intervenções cirúrgicas e finalmente à amputação do pé.

A sua saúde foi-se degradando, conduzindo-o a uma tuberculose pulmonar que o viria a vitimar em 1981.

 
José Gomes
22 Abril 2007





 Temas:
Tenho laços, tenho fitas
Livre
 
Colaboração Musical:

- “Trio da Filarmonia de Vermoim”
(Bárbara Gaspar, Cláudia Ferreira, Pedro Gomes e Vítor Soares)

 
 
Colaboração Especial:

 Participação poética da

Universidade Sénior dos Capuchinhos
 
 
 
Apresentação e coordenação:
 

 

 

“Noites de Poesia em Vermoim” é um espaço cultural dinamizado por Movimentum - Arte e Cultura no primeiro sábado de cada mês, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Vermoim (Maia), pelas 21h30m.

A primeira parte da sessão é dedicada a um tema previamente escolhido. Na segunda parte o tema é livre. As sessões são intercaladas com música e canções interpretadas por cantores e músicos nossos convidados.



 
     TENHO LAÇOS, TENHO FITAS
 
Tenho laços, tenho fitas
Num amor intemporal
Tenho laços de desditas
Fitas de bem e de mal...
 
E tenho presas no peito
Do coração à razão
Fitas de sonho desfeito
Em nós de desilusão...
 
Por isso, não quero mais
Possuir laços ou fitas
No tempo desta vivência;
 
Quero amores ao meu iguais!
Para as dores e as desditas
Já não tenho paciência!...
 
 
Maria Mamede
25/04/07
  
 

Colaboração:
    Junta de Freguesia de Vermoim
Paróquia de Vermoim




É este o programa a ser distribuído na próxima Noite de Poesia em Vermoim.

Contamos com a vossa presença e com os vossos trabalhos.

E, claro, com a vossa colaboração na divulgação deste evento...






sentimento: Com a cabeç à roda...
música: "Le Papa Pingouin" - Pigloo
tags:

publicado por zeca maneca às 21:04
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De wind a 1 de Maio de 2007 às 23:02
Belos poemas, ternura de foto e desejo que tudo corra bem:)
beijos


De zeca maneca a 4 de Maio de 2007 às 14:31
É sempre um prazer, Wind, receber a tua visita.
A foto é mais uma "habilidade" da Milú...
Tinha escolhido uma foto tirada por mim para compor o Programa, mas quando vi a ternura do Faisca, não resisti ao seu olhar ternurento...
Um bom fim de semana e um abraço,
JG


De Helena Peixoto a 2 de Maio de 2007 às 14:02
Parabéns José Gomes pela recordação do doce poema "Laço de Fita" de um dos primeiros poetas que ainda em tenra idade aprendi a conhecer... Castro Alves era uma verdadeiro revolucionário na sua época...


De zeca maneca a 4 de Maio de 2007 às 14:27
Obrigado, Helena, pela visita.
Estes temas assim esquisitos dão para fazer pesquisa... e encontrei na Net Castro Alves. Não conhecia este poeta, mas penso que fiz um trabalho interessante sobre ele que irei apresentar na Noite de Poesia em Vermoim.
Normalmente fço a reportagem da Noite. Talvez insira essa pesquisa.
Obrigado, mais uma vez.
Um abraço,
JG



Comentar o post

Lembrete

Uma noite com... Che

Sábado, 13 Outubro 07
21,30 horas
Anfiteatro do GDM Flor de Infesta
Rua Padre Costa, 118
4465 S. Mamede Infesta

sobre movimentum
A minha música
movimentuns recentes

Encerramento deste blog!

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

"UMA NOITE COM... CHE GUE...

Para que a história os nã...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Notícias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Sonho de uma Noite de Ver...

Noites de Poesia em Vermo...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

Estranhos no Paraiso

António Feijó

O nascimento de um Panda

Limpar o Almorode - a rep...

Limpar o Almorode - Divul...

Noites de Poesia em Vermo...

Vamos lembrar estas inici...

AVISO

Noites de Poesia em Vermo...

Auschwitz

Dançando com... as luzes!

Maio de 1968

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

1º de MAIO - o dia do Tra...

Noites de Poesia em Vermo...

25 de Abril, sempre! - 3

25 de Abril, sempre! - 2

25 de Abril, sempre! - 1

Parabéns, Noites de Poesi...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

"DezSete" - Lançamento na...

Convite para DezSete

A reportagem de "Lume" em...

"Lume" de M. Mamede, apre...

Um abraço, professor...

Noites de Poesia de Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Zeca Afonso - o Homem que...

ZECA AFONSO - Crónica de ...

Zeca Afonso - o Homem que...

NÓS E O AMBIENTE...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITE DE POESIA DE VERMOI...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

João de Deus

movimentuns arquivados
Links
  • A.Filoxera
  • AiShiteNight
  • A Serra - Tatamailau
  • – Amita BrePrt
  • Amorizade - Jacky
  • Ana
  • Andorinha Negra
  • Carlos Beeez
  • C. Valente - Fotos
  • Chuviscos
  • Ex-Improviso - Leonor
  • Fátima P. (Ilhas...)
  • Fernando Peixoto
  • José Faria
  • Júlia Coutinho
  • Junta Freguesia Vermoim
  • LMatta
  • Lena d'Água
  • Leonor Costa (Nokinhas)
  • Lique – Mulher30a60
  • Lique - Novo
  • Lumife – Alvito
  • Lumife – Beja
  • Lumife – Saber…
  • MMarota MG
  • Menina Marota
  • Maria
  • Margarida - Saltap.
  • Maria Mamede (De Amor e de Terra)
  • Maria Mamede (Se não houvesse fronteiras)
  • Maria Mamede (Xangrilah)
  • Momentos e… Com. Ludovicus Rex
  • Movimentum 2
  • O Outro Lado da Lua
  • Pantanero (Machado)
  • Paula Raposo – páginas
  • Paula Raposo – Romãs
  • Pimentinha
  • Pimentinha Fotog.
  • Poesia Portuguesa - MMarota
  • Praia da Claridade
  • Repensando – Seila
  • Samuel
  • Sandra Daniela
  • Sophiamar (Isabel)
  • TMara
  • TMara2
  • Tatamailau – A. Serra
  • Turismo da Maia
  • Wind
  • Wind – Imagens
  • Zeca Telhado (Nau Catrineta)
  • Zia (fotografia)
  • Zia (página)
  • Zia (“AiShiteNight” em inglês)
    pesquise neste blog
     
    Outubro 2007
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13

    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20

    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27

    28
    29
    30
    31


    RSS