Sábado, 15 de Outubro de 2005
HOJE FOMOS VISITAR UM AMIGO QUE JÁ PARTIU...

topopantanero1.jpg


Sim, hoje fomos visitar o PANTANERO, o Zé Machado que partiu em 18 de Agosto...
Partiu muito cedo desta vida de espinhos!
Sem barulho, sem um ai, sem um lamento, sem sequer se despedir dos amigos.
Fui eu, a Milú, a Mamede, a Jó, a Ró... sem qualquer pompa e circunstância, apenas com um ramo de flores amarelas (ah, Machado, como gostaríamos de te ter levado cravos vermelhos, da cor da nossa luta, mas só descobrimos essas flores).
Estivemos com os teus irmãos, as tuas cunhadas e demais família... tu descansas numa campa simples, adornada com o poema da Maria Mamede, um teu retrato e uma simples lápide com palavras sentidas da tua família.
Não fomos representar nemhum dos teus/nossos amigos que fizemos na Net. Foi a visita que eu, especialmente, estava em falta contigo. E levei alguns dos amigos que fizeste no Movimentum...
Maus doeu muito sentir que nada te poderia fazer!...


zepcppeque.jpg

Apenas dizer-te, com o respeito que me merece um combatente:  até sempre, camarada! A Luta continua!


José Gomes



publicado por zeca maneca às 19:47
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De anónimo a 18 de Outubro de 2005 às 11:21
Quero agradecer a todos os que visitaram este blog - e foram muitos, embora poucos tenham deixado comentário - a amizade e o carinho que deixaram transparecer os que comentaram e o silêncio que falou muito alto daquilo que sentem. Sei que o Zé, esteja lá onde estiver, riu daquela maneira como só ele sabia rir quando estava feliz e rodeado pelos Amigos.josé gomes
</a>
(mailto:saturnogomes@netcabo.pt)


De anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 23:48
Obrigada por tudo. O Zé merecia os amigos que tinha. Quando me falou dos encontros de poesia, fê-lo com um brilho nos olhos. Ele era sentimento.
Um abraço. Cristina Freitascristina
</a>
(mailto:cristinafreitas@oninet.pt)


De anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 19:12
Sim wind vim cá ver e agradecer-lhe por tudo que tem dito sobre o meu irmão, sinto esse abraço, tão forte, sinto que é forte porque me faz chorar, mas a dor é de saudade. Envio igualmente um abraço para todos. A visita foi muito importante, e a Maria Mamede ficou muito feliz com a nossa atitude, de lá pôr o seu poema (dele). Até sempre. Adérito MachadoAdérito Machado
</a>
(mailto:ademacchado@mail.telepac.pt)


De anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 18:58
Deixo um abraço sincero.PP
</a>
(mailto:)


De anónimo a 16 de Outubro de 2005 às 21:39
è bom visitar amigos Pamtanero junto a minha voz a tua vite um dia no Porto e gostei de ti eu sei que sabes.
BeijinhosLmatta
(http://em-linha-recta.blogspot.com/)
(mailto:helenamata@netcabo.pt)


De anónimo a 16 de Outubro de 2005 às 17:56
Fizeste-me arrepiar com esta homenagem ao Pantanero. Como já escrevi gostava muito dele e não o esquecerei. beijos para a família e se a família do Pantanero vir isto também mando um abraço fraterno.wind
(http://wind9.blogspot.com)
(mailto:sagit_126@hotmail.com)


Comentar o post

Lembrete

Uma noite com... Che

Sábado, 13 Outubro 07
21,30 horas
Anfiteatro do GDM Flor de Infesta
Rua Padre Costa, 118
4465 S. Mamede Infesta

sobre movimentum
A minha música
movimentuns recentes

Encerramento deste blog!

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

"UMA NOITE COM... CHE GUE...

Para que a história os nã...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Notícias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Noticias Científicas da N...

Sonho de uma Noite de Ver...

Noites de Poesia em Vermo...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

Estranhos no Paraiso

António Feijó

O nascimento de um Panda

Limpar o Almorode - a rep...

Limpar o Almorode - Divul...

Noites de Poesia em Vermo...

Vamos lembrar estas inici...

AVISO

Noites de Poesia em Vermo...

Auschwitz

Dançando com... as luzes!

Maio de 1968

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

1º de MAIO - o dia do Tra...

Noites de Poesia em Vermo...

25 de Abril, sempre! - 3

25 de Abril, sempre! - 2

25 de Abril, sempre! - 1

Parabéns, Noites de Poesi...

Noites de Poesia em Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

"DezSete" - Lançamento na...

Convite para DezSete

A reportagem de "Lume" em...

"Lume" de M. Mamede, apre...

Um abraço, professor...

Noites de Poesia de Vermo...

Noites de Poesia em Vermo...

Zeca Afonso - o Homem que...

ZECA AFONSO - Crónica de ...

Zeca Afonso - o Homem que...

NÓS E O AMBIENTE...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

NOITE DE POESIA DE VERMOI...

NOITES DE POESIA EM VERMO...

João de Deus

movimentuns arquivados
Links
  • A.Filoxera
  • AiShiteNight
  • A Serra - Tatamailau
  • – Amita BrePrt
  • Amorizade - Jacky
  • Ana
  • Andorinha Negra
  • Carlos Beeez
  • C. Valente - Fotos
  • Chuviscos
  • Ex-Improviso - Leonor
  • Fátima P. (Ilhas...)
  • Fernando Peixoto
  • José Faria
  • Júlia Coutinho
  • Junta Freguesia Vermoim
  • LMatta
  • Lena d'Água
  • Leonor Costa (Nokinhas)
  • Lique – Mulher30a60
  • Lique - Novo
  • Lumife – Alvito
  • Lumife – Beja
  • Lumife – Saber…
  • MMarota MG
  • Menina Marota
  • Maria
  • Margarida - Saltap.
  • Maria Mamede (De Amor e de Terra)
  • Maria Mamede (Se não houvesse fronteiras)
  • Maria Mamede (Xangrilah)
  • Momentos e… Com. Ludovicus Rex
  • Movimentum 2
  • O Outro Lado da Lua
  • Pantanero (Machado)
  • Paula Raposo – páginas
  • Paula Raposo – Romãs
  • Pimentinha
  • Pimentinha Fotog.
  • Poesia Portuguesa - MMarota
  • Praia da Claridade
  • Repensando – Seila
  • Samuel
  • Sandra Daniela
  • Sophiamar (Isabel)
  • TMara
  • TMara2
  • Tatamailau – A. Serra
  • Turismo da Maia
  • Wind
  • Wind – Imagens
  • Zeca Telhado (Nau Catrineta)
  • Zia (fotografia)
  • Zia (página)
  • Zia (“AiShiteNight” em inglês)
    pesquise neste blog
     
    Outubro 2007
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13

    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20

    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27

    28
    29
    30
    31


    RSS